Imagem capa - O que esperar? por Camila Farani
EstadãoGestãoEmpreendedorismo FemininoNotíciasNa MídiaTecnologiaInovaçãoInvestimentoEmpreendedorismo

O que esperar?

Sem dúvida, uma das grandes dúvidas que tira o sono dos empresários de todo o mundo hoje é sobre o que vai acontecer nos próximos meses com o mercado.


E essa é uma preocupação muito válida, já que é impossível negar que o mundo e os mercados não serão mais os mesmos daqui pra frente.


Por isso é importante que você, esteja atento a todas as mudanças que estão acontecendo, tanto na macro economia quanto nas questões diretamente ligadas ao seu negócio.


Os governos do mundo inteiro estão tendo que se movimentar para evitar que a situação piore ainda mais dentro de suas fronteiras.


Afinal, além das questões sanitárias e de saúde, os problemas econômicos também não serão pequenos.


A maior prova disso está na movimentação global de mais de 10 trilhões de dólares, que envolve planos de estímulo à economia e recursos básicos para os cidadãos como forma de minimizar os efeitos da pandemia da Covid-19.


O British Business Bank, por exemplo, disponibilizou linhas de crédito e apoio financeiro de mais de 300 bilhões de libras para autônomos freelancers e outros profissionais com faturamento anual de até 45 milhões de libras, de acordo com o portal da BBC.


E tudo isso vai de encontro a um dos maiores questionamentos sobre a economia mundial - se as indústrias e as empresas em geral vão conseguir se recuperar desse baque.


Mas não é possível dizer de uma forma geral sobre a capacidade que cada empresa possui de enfrentar e superar esse período. Uma vez que nem todas tem a maturidade e resiliência necessárias para absorver esses impactos e saírem melhores do outro lado da crise.


O que não deixa dúvidas é que muito do mercado que conhecíamos até então não deve retornar ao estágio que tinha antes da quarentena global.


Primeiro porque muitos consumidores descobriram que poderiam consumir produtos e serviços de maneiras diferentes do que estavam acostumados.


É o caso do que aconteceu com os serviços de saúde à distância, por exemplo.


O Teladoc, principal serviço autônomo de telemedicina e saúde virtual dos Estados Unidos, apresentou um aumento de mais de 50% nos atendimentos só nas últimas semanas de março.


Esse é só um exemplo de como os hábitos dos consumidores mudaram, e talvez não voltem ao que eram antes.

Mas isso também indica uma outra mudança causada pela pandemia.


De que as tendências de restrição de circulação, como as políticas mais rígidas para concessão de vistos por exemplo, devem ser a tônica dos principais governos do mundo daqui pra frente.


Diante de todo esse cenário cheio de obstáculos, a atuação dos líderes será cada vez mais importante para definir se uma empresa vai conseguir se recuperar ou não.


E existem quatro habilidades que todo líder precisa desenvolver para ter sucesso nesse processo.

Primeiro vem a necessidade de conseguir identificar oportunidades de gerar receita para o negócio.


Isso não é importante apenas pra manter o negócio de pé, mas deve ser a forma como as empresas tenham que operar daqui pra frente para identificar e suprir as necessidades dos consumidores.


Além disso, esse processo também vai exigir do líder a habilidade de reestruturar o negócio para que seja possível absorver as novas demandas do mercado.


Outra habilidade essencial nesses tempos é a de revisar os processos do negócio, como a digitalização e otimização do trabalho e adotar políticas de transparência referentes aos custos da operação do negócio.


E a habilidade de criar e gerenciar ambientes flexíveis de trabalho que se adaptem a esse novo cenário, incentivando o trabalho remoto, por exemplo também será extremamente importante daqui pra frente.


Mas ainda assim, em muitos casos, empresas terão que se reinventar totalmente.


E você, como líder, vai ter que identificar essa necessidade e conduzir o seu time durante essa fase de mudança, não apenas nas questões técnicas, mas também na forma como tudo isso deve ser conduzido.


Porque são esses momentos que colocam em evidência os grandes líderes.


Ou seja, independente das previsões mais pessimistas, o fato é que o mundo e os mercados já mudaram, e como é muito difícil saber o que vai acontecer daqui pra frente você precisa ter muito claro na sua cabeça que as dificuldades vão aparecer, mas desistir não é uma opção.